Bio Dani Sandrini

Dani Sandrini é fotógrafa, educadora e acompanhante terapêutica.  Vive e trabalha em São Paulo.

Formada  em comunicação pela USP em 1999, iniciou sua carreira ligada à imagem nas áreas de fotografia, cinema e teatro em 1998. Trabalhou como fotógrafa, arte-educadora e artista visual desde então, e há alguns anos agregou a Psicanálise e o Acompanhamento Terapêutico (AT) aos seus estudos e trabalhos (formação no Instituto A Casa e nos grupos formativos em psicanálise, coordenados pro Welson Barbato, entre outros).

"A Semana Noventa@vinteedois", Ballet Stagium, Foto Dani Sandrini

Quer saber mais detalhes?

Graduada em comunicação social pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP, 1999), iniciou sua carreira ligada à imagem nas áreas de fotografia, cinema e teatro em 1998.

Em 1999 começa a atuar como arte-educadora, destacando-se os seguintes projetos:  “Olhar São Paulo (fase 1 e 2) – parceria entre a Prefeitura de São Paulo, UNESCO e ImageMagica (2003-2004), Projeto Bixigão (ligado ao Teatro Oficina – 2005), Associação Novolhar (2005-2006), “CPF: Curso profissionalizante de fotografia” – formulação e docência (OSCIP Imagemagica, 2004-2005)  e “Saúde e Cultura”(OSCIP Imagemagica, 2015-2016), Oficinas de fotografia no CRIA (Centro de referência da infância e adolescência- 2015), ligado à UNIFESP e na ABRE (Associação Brasileira de amigos, familiares e portadores de esquizofrenia- 2016-2017).

 

 

Desde então vem gerindo propostas na área da educação, cultura e saúde onde a imagem encontra suas diversas possibilidades:  expressão artística, construção de narrativas, crítica, cidadania, memória, pertencimento e questionamento, voltados para diversos públicos (pessoas em vulnerabilidade social, crianças, adolescentes, idosos, pacientes em hospitais e portadores de transtornos mentais).

 

cianotipia dani sandrini - Exposição dos trabalhos dos participantes da Oficina de fotografia no Proesq - ABRE
Exposição dos trabalhos dos participantes da Oficina de fotografia no Proesq – ABRE

 

A partir de 2013 agrega os estudos de psicanálise e acompanhamento terapêutico aos saberes de arte e educação. Fez formação de Acompanhante Terapêutica (AT) no Instituto A Casa (2014-2016) e estuda psicanálise nos “Grupos de estudos formativos em Psicanálise”,  coordenados por Welson Barbato e Enzo Pizzimenti, entre outros.

Atualmente realiza  trabalhos no CRIA (Centro de referência de infância e adolescência) como psicanalista-voluntária e AT (acompanhante terapêutica), e no PROESQ (Programa de esquizofrenia) como AT, ambos ligados à UNIFESP, além do atendimento em consultório na Vila Mariana.

Como artista, atuou entre o Brasil e a Jordânia entre 2008 e 2012 e foi premiada em 2014 no “The International Lens Award, Image Festival”, Amã, Jordânia, com o trabalho “ Two Cities”.

Nos últimos anos vem estudando o entrelaçamento de materiais e suportes com a imagem fotográfica, a memória, a palavra e a ação do tempo sobre as mesmas.

Promove cursos, vivências e intervenções artísticas também em museus, centros culturais e Sescs do Estado de São Paulo.

Exposições individuais

  • “ Fragments of a return”, Institute Française de Amã, abril de 2015.mulher sem rosto - foto de Dani Sandrini - projeto Fragments of a return
  • “Two Cities”, Mostra do trabalho premiado (10 imagens) no Centro de exposições Zara Center, Festival da imagem, Amã, março de 2014.passado, presente e futuro estao ligados na viagem de trem. fotos: Dani Sandrini
  • “Um olhar sobre o Glicério”, Sesc Carmo, São Paulo, 2014.mulher estuda na calcada do Glicerio - Foto Dani Sandrini
  • Vista”, Espaço Ponto Pimenta, São José dos Campos, 2008.
  • “Dia da criança”. Sesc Carmo, São Paulo, 2001.

Exposições coletivas

  • “Fragments of a return”, Exposição do trabalho resultante da residência artistica na Jordânia. 47º Salão de arte Contemporânea de Piracicaba, outubro de 2015.
  • “Map of the new art”, com o trabalho “Rebuilt memory”, Fondazione Giorgio Cinisep, IMAGOMUNDI, Veneza, Setembro-Outubro de 2015.tecnica transfer em tela - menino aponta a arma. Foto: Dani Sandrini
  • “Glicério”, Exposição coletiva, 12º Salão Nacional de Fotografia Persio Galembeck, julho-agosto de 2015.
  • “Festival de inverno de Paranapiacaba”. Mostra coletiva dos associados da Fototech, julho de 2015.
  • “OpenBox”. Mostra coletiva dos artistas residentes da PaperBoxLabInstituto (Participação com o trabalho ” O Bicho no Quintal” e ” Fragments of a return”) , São Paulo, maio-julho de 2015.

tabuas de madeira com fotografias. Trabalho de Dani Sandrini

  • “Festival de fotografia de Tiradentes”. Mostra coletiva dos associados da Fototech, março de 2015.
  • “Ela”. Mostra coletiva sobre a cidade de São Paulo, Conjunto Nacional, São Paulo, janeiro de 2014.
  • “Projeto Caixa Populi – imigrantes em São Paulo”. Mostra coletiva. Espaço Cultural da Caixa Econômica Federal, 2000.

 

Prêmios e residências artísticas

  • “Two Cities”, Primeiro prêmio no “The International Lens Award, Image Festival”, Amã, Jordânia (fevereiro de 2014). Mostra do trabalho premiado (10 imagens) no Centro de exposições Zara Center, Amã, março de 2014.
  • Residência artística em fevereiro de 2015, resultante do prêmio acima, em Amã, Jordânia. Desenvolvimento do projeto “Fragments of a return” .

 

Livros Publicados

  • “CULINÁRIA”, coletivo,  fotografias, Fototech, Desktop editora, 2009.
  • “BRAZIL BY NIGHT”, coletivo, fotografias, Minerva produção cultural , 2008.
  • “ATAQUE DE HORMÔNIOS”, literatura juvenil, Editora Escala, 2005

    livros publicados por Dani Sandrini - fotografia e literatura
    livros publicados – Dani Sandrini